Menu

Central da Política Amazonino lança pré-candidatura ao Governo do AM com dificuldade de fala e locomoção

Ao ser anunciado, Amazonino entra no palco a passos lentos e, aparentemente, cansado (Reprodução/Instagram)

Gabriella Lira – Da Revista Cenarium

MANAUS – Na manhã deste sábado, 7, Amazonino Mendes (Cidadania) lançou sua pré-candidatura ao Governo do Amazonas. O evento, promovido em parceria pela federação PSDB e Cidadania, aconteceu no Rancho Sertanejo, bairro Flores, localizado na Zona Centro-Sul de Manaus. Em vídeo, é possível perceber a dificuldade de locomoção e dicção do candidato, atualmente, com 82 anos.

Cercado de apoiadores e militares, o ex-governador chegou por volta das 10h. Ao ser anunciado, Amazonino entra no palco a passos lentos e, aparentemente, cansado. Nos vídeos gravados durante o evento e disseminados nas redes sociais era visível a tensão dos participantes para prestar cuidados ao ex-governador.

Enquanto tem a trajetória política narrada ao público, a equipe oferece uma cadeira para que ele possa sentar e acompanhar os discursos feitos por outras figuras políticas e apoiadores. O pré-candidato ao senado Artur Virgílio Neto (PSDB/AM) e o presidente do Diretório Nacional do Cidadania, Roberto Freire, também estavam na lista dos que participaram do evento.

Chegada de Amazonino Mendes ao lançamento de sua pré-candidatura (Reprodução/Instagram)

Apoio

Durante a ocasião, Arthur Virgílio enfatizou o apoio à candidatura de Amazonino por acreditar que ele seja o nome mais correto para mudar o cenário do Estado. “Eu vou dizer, Amazonino, eu penso que você é a pessoa justa para governar este Estado, no momento em que o Estado passa a sua maior crise. Exige um pulso forte e precisa que a gente acorde o Congresso Nacional. Ele se candidatou, não por ambição. Já foi quatro vezes governador do Estado e vai ser a quinta? Sim! Vai ser a quinta e vai resgatar pela quinta vez este Estado”, declarou Arthur.

Em agradecimento ao discurso de Arthur, o pré-candidato falou sobre superar desavenças e metas similares entre os antigos rivais políticos. “Era inevitável a união dessas ações positivas. O tempo mostrou que não importavam as nossas inserções, o que era importante era o nosso objetivo, o nosso sentimento, do ponto de vista do bem, para o povo, esse sentimento, enfim, se encontrou. Foi o encontro do Rio Solimões com Rio Negro”, afirma o ex-governador que alguns momentos demonstrava cansaço ao falar

Amazonino senta enquanto espera a realização dos discursos dos apoiadores (Reprodução/Instagram)

Filiação

O ex-governador, ex-prefeito de Manaus e atual pré-candidato a governador do Amazonas anunciou, no final do mês de março, a sua filiação ao partido Cidadania. A declaração foi feita por meio da rede social Instagram, em que Amazonino escreveu: “Quando o povo quer, não há força que nos faça parar de lutar!! Dias melhores virão!”.

É a segunda vez seguida que Amazonino vai tentar voltar à cadeira do Governo do Estado do Amazonas. Nas últimas eleições, Amazonino perdeu para Wilson Lima, até então filiado ao (PSC), que obteve mais de 1 milhão dos votos válidos, frustrando o sonho de Mendes para um quinto mandato. Wilson Lima recebeu 1.033.950 votos sendo 58,50% contra 41,50%.