Menu

Sociedade ANP realiza fiscalização em mercado de combustíveis no Amazonas e autua três empresas

A ação foi realizada em todas as regiões do País (Reprodução)
Fábio Leite – Da Revista Cenarium

MANAUS – A fiscalização do mercado de combustíveis chegou ao Amazonas entre os dias 15 e 19 deste mês, em ação realizada pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). O órgão regulador fiscalizou postos e distribuidores de combustíveis nas cidades de Manaus e Tefé, município distante 521km da capital. O balanço foi divulgado na sexta-feira, 20, no site oficial da ANP

Em Tefé, a agência fiscalizou 14 postos de combustíveis e duas revendedoras de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP). Dois postos foram autuados por não possuírem instrumentos de análise da qualidade dos combustíveis. Já em Manaus, uma empresa de beneficiamento de asfalto foi autuada por operar ponto de abastecimento sem autorização da agência e não atender aos requisitos de segurança.

As ações da ANP verificaram se as normas da agência estavam sendo cumpridas, como o atendimento aos padrões de qualidade dos combustíveis, o fornecimento do volume correto pelas bombas, apresentação de equipamentos e documentação adequadas, entre outros pontos.

A fiscalização foi realizada em todas as regiões do País e atingiu 13 locais, que são: Amazonas, Santa Catarina, Distrito Federal, Rio Grande do Sul, Paraná, Bahia, Ceará, Piauí, Pernambuco, Mato Grosso, Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais.

Consequências

Multas de R$ 5 mil a R$ 5 milhões podem ser aplicadas aos estabelecimentos autuados pela ANP. As fiscalizações são planejadas a partir de diversos vetores de inteligência, como denúncias de consumidores, informações de outros órgãos, entre outros. Assim, as ações são focadas nas regiões e agentes econômicos com indícios de irregularidades. Denúncias podem ser enviadas à ANP por meio do telefone 0800 970 0267. A ligação é gratuita.

Novos Preços

A ANP divulgou, ainda nesta semana, que o preço do diesel subiu 1,4%, para R$ 6,943. Na semana passada, a Petrobras anunciou um aumento de 8,87% no diesel para as distribuidoras, passando para R$ 4,91. E a gasolina, após cinco aumentos consecutivos, diminuiu 0,3% e passou para R$ 7,275.

Leia mais: Novo recorde: litro do diesel sobe pela quinta semana nos postos e chega a R$ 6,94