Menu

Central da Política Eleições 2022: prazo das convenções partidárias termina nesta sexta-feira; veja cenário político no Amazonas

No Amazonas, oito chapas foram confirmadas nestas eleições, mas a disputa pelo comando do Estado tem sido encabeçada por dois lados políticos (Reprodução)
Bruno Pacheco – Da Agência Amazônia

MANAUS – O prazo para os partidos e as federações partidárias realizarem convenções e oficializarem os candidatos e candidatas ao pleito eleitoral deste ano termina nesta sexta-feira, 5, em todo o País, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). No Amazonas, oito chapas foram confirmadas nestas eleições, mas a disputa pelo comando do Estado tem sido encabeçada pelo atual governador (Wilson Lima), que tenta a reeleição, e o ex-governador Amazonino Mendes (Cidadania), segundo as pesquisas.

Veja também: Pela primeira vez, pesquisa aponta Wilson Lima à frente de Amazonino na disputa pelo Governo do AM

A partir das definições, os partidos precisam pedir ao TSE o registro das candidaturas até o dia 15 de agosto para que possam concorrer as eleições, cujo primeiro turno será em 2 de outubro. Caso haja necessidade de segundo turno, as votações estão marcadas para o dia 30 do mesmo mês.

Veja também: Eleições 2022: Tribunal Superior Eleitoral restringe divulgação de informações sobre bens de candidatos

De acordo com o TSE, as regras para a “escolha e o registro de candidatos estão fixadas na Resolução do TSE N° 23.609/2019, com as alterações promovidas pela Resolução do TSE N° 23.675/2021, aprovada pelo Plenário da Corte em dezembro do ano passado”.

Eleições no AM

No Amazonas, foram oficializadas oito candidaturas ao Governo do Estado. A chapa com maior tempo de TV e Fundo Eleitoral é a encabeçada pelo governador Wilson Lima (União) como candidato à reeleição, com o procurador Tadeu de Souza como vice. Ao todo, a aliança tem o apoio de nove partidos: PMN, Avante, Patriota, Republicanos, PRTB, PL, PSC, Progressistas e PTB.

Veja os candidatos ao Governo do Amazonas:

A candidatura do governador Wilson Lima à reeleição ao Governo do Amazonas foi oficializada pelo União Brasil na quinta-feira, 4, em convenção na cidade de Manaus. A chapa tem como vice o ex-secretário da Casa Civil e procurador Tadeu Souza.

Amazonino Mendes foi oficializado como candidato a governador do Amazonas pelo Cidadania, em convenção realizada no sábado, 30, em Manaus. A chapa tem como vice o ex-deputado federal Humberto Michiles.

Outros nomes oficializados como candidatos ao governo foram: Eduardo Braga (MDB) e Anne Moura (PT) como vice; Carol Braz (PDT) e Claudio Machado como vice; Henrique Oliveira (Podemos) e Vera Castelo Branco como vice; Nair Blair (Agir) e Rita Nobre como vice; Ricardo Nicolau (Solidariedade) e Cristiane Balieiro como vice; e Israel Tuyuka (PSOL) que ainda não teve vice anunciado.