Menu

Esportes Governador do AM, Wilson Lima anuncia investimento de R$ 9 milhões para o esporte amazonense

O incentivo intitulado "Bolsa Esporte Estadual" foi anunciado neste domingo, na Arena da Amazônia (Priscilla Peixoto/CENARIUM)
Priscilla Peixoto – Da Revista Cenarium

MANAUS – O futebol amazonense contará com apoio financeiro para melhorar o desempenho e a qualidade do esporte local. O incentivo, intitulado “Bolsa Esporte Estadual“, foi anunciado neste domingo, 15, pelo governador Wilson Lima (União Brasil) e visa injetar R$ 9 milhões no desenvolvimento, do esporte de base ao alto rendimento, beneficiando competições da base ao profissional, masculino e feminino, e em níveis local, regional e nacional. O lançamento foi realizado no Salão Bossa Nova, da Arena da Amazônia, localizado na Avenida Constantino Nery, Flores, Zona Centro-Sul de Manaus.

“Nós estamos, hoje, fazendo um anúncio de investimentos para o esporte amazonense, é o maior investimento de todos os tempos. Nós estamos entregando, aqui, R$ 9 milhões para ajudar o esporte de base e o esporte profissional. Inclusive, estamos abrindo editais para a participação de federações das mais diferentes modalidades. Estou muito feliz e não tenho a menor dúvida que esses atletas serão campeões não só no esporte, mas na vida. A criança que inicia sua vida no esporte melhora em tudo. São atletas que trarão orgulho para a família e para a Região Norte“, declarou o governador Wilson Lima durante o lançamento.

O edital n° 001/2022 deve contemplar, de forma inédita, desportistas de base, atletas e paratletas do Amazonas, com patrocínios mensais. “O edital abre, amanhã, e estamos investindo R$ 5 milhões nos clubes de futebol profissional masculino e também feminino. Estamos entregando passagens aéreas para aqueles atletas que irão participar de competições nacionais e internacionais, e tudo isso é importante porque valoriza esses profissionais que se dedicam e dedicam a sua vida ao treinamento, à disciplina. E também é um investimento na formação de crianças que serão nossos futuros campeões”, explicou Wilson Lima.

O projeto visa injetar R$ 9 milhões no desenvolvimento do esporte, de base ao alto rendimento, beneficiando competições da base ao profissional, masculino e feminino (Priscilla Peixoto/CENARIUM)

Esporte salva vidas

Para o diretor-presidente da Fundação Amazonas de Alto Rendimento (Faar), Jorge Elias Costa de Oliveira, a iniciativa também serve de motivação para o resgate do movimento esportivo, no Amazonas, além de se tornar um legado para outras gerações que virão. Jorge também atenta para àqueles que já recebem algum tipo de benefício.

Esse é um programa muito especial para nosso esporte, não só profissional como o esporte de base, além de promover, positivamente, nosso trabalho que já é tão difícil. Essa bolsa não exclui nenhum tipo de auxílio, caso um atleta de alto rendimento já receba ajuda social esportiva local ou nacional” ressaltou.

A deputada estadual Joana Darc (União Brasil) destaca a atuação do governo em fomentar o esporte e, principalmente, ressalta a preocupação com o esporte no interior do Estado. “Queria fazer uma pontuação: muitos governos se preocuparam com grandes obras e projetos. Mas, o mínimo, como abraçar e fomentar o esporte também é necessário. Agradeço, em nome de tantas famílias, pelo olhar diferenciado e pela primeira vez que o Governo do Estado vai olhar para o esporte no interior, o esporte salva vidas e merece investimento”, disse a deputada estadual Joana Darc.

Tatiane Ferreira apoia os filhos atletas (Priscilla Peixoto/CENARIUM)

Apoiando sonhos

As mães que acompanharam os pequenos atletas durante a cerimônia de lançamento também celebraram a iniciativa e agradeceram o incentivo. Para Tatiane Ferreira, 30 anos, mãe de dois filhos, de 8 e 9 anos, que já almejam ser jogadores profissionais, o opoio faz toda a diferença.

Isso anima a gente porque é bom saber que aquilo que nossos filhos sonham para a vida deles é valorizado. Eu sei que eles ainda são muito pequenos, mas de qualquer forma eles mostram que têm objetivos na vida desde cedo. Depois que entraram para a escolinha de futebol o comportamento melhorou, a disciplina, e ver uma iniciativa assim, que pode ajudar tantas pessoas a realizarem sonhos, é gratificante” conta a mãe dos atletas mirins.